مايو 2018

My Blog

Latest blog
Um quesito de grande relevância nos desfiles de carnaval é quanto à harmonia que é a forma como os integrantes da escola desfilam, considerando se há entrosamento ou não dos mesmos com o ritmo e o canto do samba de enredo.

Em 2018, o departamento de Harmonia da Tom Maior faturou a totalidade dos pontos disputados e para continuar com essa eficiência em 2019 o curso já começa no primeiro semestre do ano atual reunindo no dia 10 de junho, às 13h na Fábrica do Samba.



Por Harmonia, entende-se que os componentes da escola devem cantar o samba no mesmo tempo que o puxador, a voz principal durante o desfile que tem de estar "limpo", sincronizado, apresentando um espetáculo ao espectador e aos jurados.



DEPARTAMENTO DE HARMONIA
DA TOM MAIOR EM 2019

A Tom Maior teve novidades no time de Harmonia para 2019. Yves Alexeiv, após cinco anos, deixou a direção de harmonia da escola e assume um cargo na diretoria de Carnaval. "Estou muito feliz com a oportunidade de continuar ajudando a Tom Maior a crescer ainda mais e realizar o grande sonho de ser campeã do Carnaval", disse o diretor. 

Em 2018, ele foi um dos responsáveis pela agremiação ter conquistado nota máxima em harmonia. “Me orgulho de ter formado mais da metade da equipe atual nos cursos que criamos. E sei que esse time só tem a evoluir”, completou.

A direção de harmonia seguirá sob o comando de Gabriel Ferreira, o Gabiru, que acertou sua permanência para o Carnaval de 2019.
TOM MAIOR 2019

Em 2019, a escola de samba Tom Maior vai defender o enredo: “Penso. Logo existo. As interrogações do nosso imaginário na busco do inimaginável”, desenvolvido pelo carnavalesco André Marins, que assina pela primeira vez um enredo autoral.

“Eu tinha essa vontade de brincar com o imaginário do público. Quero que eles entendam os ‘porquês’ das coisas”, conta o carnavalesco André Marins.

CONFIRA AQUI O ENREDO DA TOM MAIOR NO CARNAVAL 2019

O enredo navega pelos principais questionamentos do homem, como “De onde viemos?”, “Para onde vamos?” e “Quem é Deus?”. Além disso, aborda a curiosidade e sede de conhecimento na relação entre mundo e humanidade, passando do misticismo até as grandes invenções saídas da mente questionadora de grandes cientistas.



“Eu gosto de enredo em que a gente possa esclarecer coisas, desvendar a curiosidade sobre algo”, comemora a presidente da escola, Luciana Silva.

logo.2.6.2019

Em 2018, a Tom Maior desfilou enredo sobre a Imperatriz Leopoldina e fez 270 pontos no Grupo Especial - os mesmos de Mancha Verde, Mocidade Alegre e Acadêmicos do Tatuapé. Foi o melhor resultado da escola em sua história.

Da redação, com nota de Thiago Callil
A Tom Maior anuncia que a reunião agendada nessa terça 29 de maio de 2018 com os compositores interessados, teve de ser cancelada devido às dificuldades de deslocamentos dos participantes, geradas pelo desabastecimento de combustível em várias cidades.



A Tom Maior informa aos participantes que nova data será agendada e informada a todos pelas plataformas oficiais. 

TOM MAIOR EM 2019

Em 2019, a escola de samba Tom Maior vai defender o enredo: “Penso. Logo existo. As interrogações do nosso imaginário na busco do inimaginável”, desenvolvido pelo carnavalesco André Marins, que assina pela primeira vez um enredo autoral.

“Eu tinha essa vontade de brincar com o imaginário do público. Quero que eles entendam os ‘porquês’ das coisas”, conta o carnavalesco André Marins.

CONFIRA AQUI O ENREDO DA TOM MAIOR NO CARNAVAL 2019

O enredo navega pelos principais questionamentos do homem, como “De onde viemos?”, “Para onde vamos?” e “Quem é Deus?”. Além disso, aborda a curiosidade e sede de conhecimento na relação entre mundo e humanidade, passando do misticismo até as grandes invenções saídas da mente questionadora de grandes cientistas.



“Eu gosto de enredo em que a gente possa esclarecer coisas, desvendar a curiosidade sobre algo”, comemora a presidente da escola, Luciana Silva.

logo.2.6.2019

Em 2018, a Tom Maior desfilou enredo sobre a Imperatriz Leopoldina e fez 270 pontos no Grupo Especial - os mesmos de Mancha Verde, Mocidade Alegre e Acadêmicos do Tatuapé. Foi o melhor resultado da escola em sua história.
Foram definidas na noite desta segunda-feira (28) as datas em que cada escola irá desfilar no Grupo Especial do Carnaval 2019. 

Casal Mestre-sala e Porta-bandeira da Tom Maior durante o desfile em 2018. Foto: LigaSP


Os presidentes e representantes das agremiações se reuniram na sede da Liga SP e chegaram à seguinte configuração:

SEXTA-FEIRA (01/03/19)
Colorado do Brás, Acadêmicos do Tatuapé, Mancha Verde, Tom Maior, Império de Casa Verde, X-9 Paulistana e Acadêmicos do Tucuruvi

SÁBADO (02/03/19)
Águia de Ouro, Mocidade Alegre, Dragões da Real, Gaviões da Fiel, Rosas de Ouro, Unidos de Vila Maria e Vai-Vai

Vale destacar que estas não são as ordens dos desfiles. Somente Colorado do Brás e Águia de Ouro já têm suas posições definidas por virem do Grupo de Acesso. O sorteio da ordem dos desfiles das demais escolas do Grupo Especial, assim como as que que disputam os Grupos de Acesso 1 e 2, será relizado em junho.

TOM MAIOR EM 2019

Em 2019, a escola de samba Tom Maior vai defender o enredo: “Penso. Logo existo. As interrogações do nosso imaginário na busco do inimaginável”, desenvolvido pelo carnavalesco André Marins, que assina pela primeira vez um enredo autoral.

“Eu tinha essa vontade de brincar com o imaginário do público. Quero que eles entendam os ‘porquês’ das coisas”, conta o carnavalesco André Marins.

CONFIRA AQUI O ENREDO DA TOM MAIOR NO CARNAVAL 2019

O enredo navega pelos principais questionamentos do homem, como “De onde viemos?”, “Para onde vamos?” e “Quem é Deus?”. Além disso, aborda a curiosidade e sede de conhecimento na relação entre mundo e humanidade, passando do misticismo até as grandes invenções saídas da mente questionadora de grandes cientistas.



“Eu gosto de enredo em que a gente possa esclarecer coisas, desvendar a curiosidade sobre algo”, comemora a presidente da escola, Luciana Silva.

logo.2.6.2019


A escola de samba Tom Maior anunciou na noite desta terça-feira (15) o enredo que vai defender no Carnaval 2019. “Penso. Logo existo. As interrogações do nosso imaginário na busco do inimaginável” foi desenvolvido pelo carnavalesco André Marins, que assina pela primeira vez um enredo autoral.

Veja mais imagens no site do SRzd Carnaval, clicando aqui

A revelação foi feita em evento fechado aos componentes da escola, realizado na Fábrica do Samba e simultaneamente o anúncio oficial foi feito para toda a comunidade nas plataformas digitais e oficiais da Tom Maior.

“Eu tinha essa vontade de brincar com o imaginário do público. Quero que eles entendam os ‘porquês’ das coisas”, conta o carnavalesco André Marins.

CONFIRA AQUI O ENREDO DA TOM MAIOR NO CARNAVAL 2019

O enredo navega pelos principais questionamentos do homem, como “De onde viemos?”, “Para onde vamos?” e “Quem é Deus?”. Além disso, aborda a curiosidade e sede de conhecimento na relação entre mundo e humanidade, passando do misticismo até as grandes invenções saídas da mente questionadora de grandes cientistas.



“Eu gosto de enredo em que a gente possa esclarecer coisas, desvendar a curiosidade sobre algo”, comemora a presidente da escola, Luciana Silva.



Na próxima terça-feira (22), o carnavalesco André Marins fará a explanação do enredo para os compositores. O encontro será às 21h na Fábrica do Samba (Av. Dr. Abrahão Ribeiro, 740).
Passado o Carnaval 2018, a Tom Maio já começa a pensar no ano que vem. E um dos primeiros passos é fazer a seleção e treinar novos ritmistas para o futuro. Então você, que sempre quis tocar uma bateria de escola de samba, essa é sua chance!


Venha para a escola da bateria Tom30 da Tom Maior no curso gratuito. A partir de 20 de maio, o uso da camisa da bateria é obrigatório. As compras delas já podem ser realizadas por 15 reais. Término do curso e formação dos aprovados em 18 de agosto. Acesse www.bit.do/TOM30 para conferir, datas e horários.

Utilize o formulário abaixo para realizar o pré-cadastro na formação. A diretoria de bateria vai receber as informações e pode dar resposta. Os interessados devem se encaminhar para o local no dia e horário da formação.


A porta-bandeira Deborah Oliveira, integrante do quadro de casais da Tom Maior, já se recupera em casa após sofrer um infarto. Ela teve alta da Santa Casa de Santos, no litoral de São Paulo, na última sexta-feira (11) e comemorou o dia das mães ao lado de familiares.



Ainda em repouso, Deborah agradeceu o apoio que vem recebendo dos sambistas e disse que em breve voltará a atuar como porta-bandeira. "Vocês não imaginam o prazer que é estar de volta. Um alívio! Obrigado por todas as vibrações e manifestações de carinho".

Deborah sofreu um infarto na madrugada de 5 de maio. Horas antes, ela havia se apresentado com a Tom Maior na festa da bateria da escola santista Unidos do Morro. Ela passou mal ainda na quadra da agremiação e foi socorrida prontamente por amigos e familiares que a acompanhavam no local.

A porta-bandeira tem 32 anos e faz par com o mestre-sala Leanndro Novelli, a quem é só elogios neste momento. "Esse cara é muito especial para mim"
Um resultado histórico e grande pressão interna para o ano que vem. Esta é a situação vivida pela Tom Maior para o Carnaval 2019. Após o quarto lugar em 2018, com direito a pontuação máxima em todos os quesitos, a escola sabe dos desafios para se manter em cima. E o carnavalesco André Marins falou sobre a responsabilidade de brigar pelo título e do planejamento para a disputa.



"A gente está trabalhando internamente em dois enredos. Não estamos apressados para divulgação agora, sem pressão de mídia, nada. Vamos deixar só a pressão interna. Fizemos um belíssimo trabalho, que foi muito bom e pensamos em continuar dessa forma. Se nós conseguimos ficar em quarto lugar com pontuação de campeão, podemos chegar até lá", disse Marins à Liga SP.

De acordo com o carnavalesco, que foi contratado pela agremiação para o Carnaval 2018, a ideia é divulgar enredo e samba para 2019 até agosto. E, segundo o planejamento, ter o trabalho pronto com bastante antecedência - os desfiles serão no começo de março.

"Nós já temos um organograma e a nossa pretensão é em janeiro estar com Carnaval pronto. Um mês e meio, dois meses antes do desfile. Não só na parte de criação, mas na parte de elaboração de confecção e acabamento", afirmou Marins.

Em 2018, a Tom Maior desfilou enredo sobre a Imperatriz Leopoldina e fez 270 pontos no Grupo Especial - os mesmos de Mancha Verde, Mocidade Alegre e Acadêmicos do Tatuapé. Foi o melhor resultado da escola em sua história.

Contact Me

Contact With Me

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and type setting industry when an unknown printer took a galley of type

  • Av. Dr. Abrahão Ribeiro, 505 - Bom Retiro, São Paulo - SP
  • 990800113322
  • info@tommaior.com
  • www.tommaior.com