Dia 16 de dezembro de 2018 é o último ensaio do ano da Tom Maior! E na data os milhares de integrantes e amigos comemorarão na Festa do Branco, todos vestidos com a cor clara e brindando os trabalhos já realizados nesse ano.


A participação é gratuita e aberta, começando as 18h00. Os participantes devem vestir com branco e trazer um espumante com taças para a celebração nesse que será o 15º ensaio da Tom Maior para o Carnaval 2019.

Nesse dia a escola de samba Tom Maior apresenta a nova musa dos compositores. A atriz Juliene Dias assume o posto para 2019, quando faz a estreia no Carnaval. A carioca de 20 anos é amante do universo da filosofia e das artes, o que fez com que ela tivesse uma identificação imediata com o enredo “Penso, Logo, existo. As interrogações de nosso imaginário na busca do inimaginável”, defendido pelo carnavalesco André Marins.







Dedicando-se integralmente ao teatro, Juliene recebe a faixa neste domingo, quando acontece o ensaio do branco – o último de 2018. A jovem se diz ansiosa em se integrar à comunidade vermelha e amarela.



"Minha expectativa é total. Assim como será minha entrega a esse pavilhão", conclui.

Os ensaios já serão reiniciados em janeiro com os de quadra e os técnicos no Sambódromo do Anhembi. O período para as escolas testarem o que estão planejando para os desfiles começa no dia 11 de janeiro e vai até 21 de fevereiro de 2019.



A Tom Maior terá três ensaios técnicos agendados para as datas 19 de janeiro, 2 de fevereiro e 15 de fevereiro de 2019, sempre às 21h45.

Ao longo de 22 noites, todas as escolas de samba do Grupo Especial, além das agremiações do Grupo de Acesso e das do Grupo de Acesso 2, revelarão uma prévia de suas apresentações no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo.


Será o 15º ensaio na quadra da Tom Maior para o Carnaval 2019! Esse será o último ensaio em 2018! Vamos comemorar na...
Publicado por Tom Maior em Terça-feira, 11 de dezembro de 2018



TOM MAIOR EM 2019

Em 2019, a escola de samba Tom Maior vai defender o enredo: “Penso. Logo existo. As interrogações do nosso imaginário na busco do inimaginável”, desenvolvido pelo carnavalesco André Marins, que assina pela primeira vez um enredo autoral.

logo.2.6.2019



Eu tinha essa vontade de brincar com o imaginário do público. Quero que eles entendam os ‘porquês’ das coisas”, conta o carnavalesco André Marins.



O enredo navega pelos principais questionamentos do homem, como “De onde viemos?”, “Para onde vamos?” e “Quem é Deus?”. Além disso, aborda a curiosidade e sede de conhecimento na relação entre mundo e humanidade, passando do misticismo até as grandes invenções saídas da mente questionadora de grandes cientistas.

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem