Compositores tem até o dia 29 para entregar samba-enredo

No dia 17 de junho, os compositores de sambas-enredo participaram de uma reunião na Tom Maior para a explanação do enredo da escola que receberá as trilhas tem até o dia 29 de julho para a decisão final.



"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade. Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.




A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.


Os compositores deverão entregar os sambas nas condições indicadas durante a reunião com o diretor de Carnaval Judson Sales no dia 29 de julho, na Fábrica do Samba. 

João Paulo de Oliveira Bueno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram