A Tom Maior definiu as duas obras finalistas do concurso de samba-enredo para o Carnaval 2020. A decisão foi tomada pela diretoria da agremiação após ouvir diversos segmentos da escola. Entre os finalistas, está a obra produzida por Carlos Jr, Didi Pinheiro, Fabiano Sorriso, Paulinho Miranda, Marquinhos, Beah, Biel, Lucas Donato, André Ricardo, Léo Reis.



"Dois finalistas monstruosamente bons. Já foi bem difícil chegar a esta "final" diante da qualidade imensa das obras inscritas em nosso concurso desse ano. Agora, então, vai ser um baita desafio para escolhermos qual samba embalará nossa comunidade na avenida em 2020", garantiu o diretor de Carnaval, Judson Sales.
O samba finalista foi apresentado e apreciado num processo seletivo que começou em 29 de julho com a entrega de 21 sambas, analisados pela comissão de carnaval da Tom Maior.

“A cara pintada é de um personagem, que perde muito, chora muito, porém não foge do combate, um preto que tem disposição pra ser criticado ou elogiado, que não renuncia a negritude e nunca desrespeita a branquitude sadia, bem vinda e do bem, aceita e admira toda forma de manifestação negra”, escreveu o grupo do samba nas redes sociais.

Letra do Samba

EU SOU QUILOMBOLA E BATO NO PEITO!
ESSE MEU ORGULHO “É COISA DE PRETO!”
MEU POVO JÁ SABE DE CÓR:
A NEGRITUDE É TOM MAIOR!

CHEGUEI NO BALANÇO DAS ONDAS DO MAR
SOU REI! MINHA VOZ, NINGUÉM PODE CALAR!
CAPAZ, MUITO MAIS DO QUE MERCADORIA
NAS VEIAS, A CORAGEM DE QUEM VAI VENCER
“DRIBLANDO” TANTOS PRECONCEITOS,
NA “LUTA” PELOS MEUS DIREITOS.
COM SANGUE DE PRETO, “UM SORRISO NEGRO”.
NOS PALCOS, DIGNIDADE!
MUSICALIDADE BRASILEIRA
“ALERTANDO A FAVELA INTEIRA!”

NA ARTE, A LUZ DA POESIA!
O MEU TALENTO É PATRIMÔNIO CULTURAL
BARREIRAS ENFRENTEI E NUNCA DESISTI
RESISTÊNCIA, DESCENDENTE DE ZUMBI!

CONTRA A OPRESSÃO EU SOU MAIS UM
NÃO LEVO “RASTEIRA”!
GINGA, CAPOEIRA, ZUM-ZUM-ZUM!
“MADAME” DA NOITE E DA BOEMIA
MAIS UM “VIDA LOKA” DA PERIFERIA
SE “A COISA TÁ PRETA”,
É COISA BOA, VOCÊ PODE ACREDITAR!
EU SIGO NA LUTA, NÃO QUERO FAVORES
TODOS SÃO IGUAIS!
MINHA LIBERDADE CONQUISTEI,
CENTO E TRINTA E DOIS ANOS ATRÁS!

Leia também



O anúncio da obra que irá embalar o Carnaval 2020 da Tom Maior será feito em 19 de agosto e apresentado durante a festa de lançamento que acontece no dia 7 de setembro na quadra do Piqueri.



Tom Maior no Carnaval 2020
É coisa de preto

"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade. Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.




A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem