A família vermelho-amarela, amigos e público do carnaval conhecerão nessa segunda, 19 de agosto de 2019, o samba do Carnaval 2020. A Tom Maior anunciou no dia 12 de agosto os dois sambas finalistas no processo seletivo que contou com mais de 20 inscritos e o anúncio acontecerá nas plataformas oficiais da agremiação.

Foto: SRzd – Claudio L. Costa

"Uma das principais mensagens de nosso Enredo 2020 é mostrar ao público que o talento, a sensibilidade e a inteligência não dependem da cor da pele. O discurso racista reiteradamente escondeu a participação de negras e negros nas grandes construções e conquistas de nosso país. Rotineiramente nega a presença indispensável de pretas e pretos na elaboração das artes ditas “de branco”, comentou a presidente da Tom Maior, Luciana Silva.

Os sambas finalistas são:

SAMBA 10: Gui Cruz, Rafael Falanga, Vitor Gabriel, Portuga, Imperial, Elias Aracatio, Luciano Rosa, Reinaldo Marques, Marçal e Willian Tadeu. Intérprete: Igor Sorriso.

SAMBA 20: Carlos Jr, Didi Pinheiro, Fabiano Sorriso, Paulinho Miranda, Marquinhos, Beah, Biel, Lucas Donato, André Ricardo, Léo Reis
Nessa segunda-feira acontece também o lançamento das novas plataformas digitais oficiais da Tom Maior, com interação e conteúdos a partir do tema do Carnaval 2020 da escola.



É coisa de preto

"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade. Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.




A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem