O fim de julho também foi o fim das aulas do projeto de formação de passistas da Tom Maior nessa temporada 2020 do carnaval. No dia 30 de julho aconteceu a décima aula do Projeto Sambosim que formou dezenas de pessoas interessadas em conhecer e praticar o samba que passistas de carnaval apresentam nos eventos de samba, desfiles e shows.

Os participantes das aulas agora tem a possibilidade de participarem das audições para a formação do grupo que poderá participar do desfile da Tom Maior no Carnaval 2020 de São Pailo. A audição acontece no dia 18 de agosto e já tem inscrições disponíveis, CLICANDO AQUI. 

Val Diniz com parte do grupo de passistas da Tom Maior
.
"A temporada de aulas em 2019 foi um sucesso, foram 63 inscrições, sendo 70% novos alunos para turma iniciante e 30% turma avançada para as passistas que já eram da casa. Na turma iniciante, a procura foi tanto para o aperfeiçoamento da técnica de samba para se tornar passista, quanto aquelas que só queriam aprender a sambar. O feedback foi muito positivo.", relatou a diretora do departamento de passistas da Tom Maior, Val Diniz.

Desde abril de 2019 até o fim de julho, foram mais de 10 semanas de treinamentos para pessoas que não tinham familiaridade com o samba e também para aquelas que já são praticantes. "Acredito que o nosso curso é bem visto pois respeitamos as limitações e objetivos de cada aluno, não temos a fórmula mágica, nem impomos nada. A consciência corporal, de movimentos e cadência é fundamental para se entenderem dentro da dança do samba e aí lapidamos até chegar ao samba no pé rasgado", assegurou Val.



O samba aprendido nas aulas foi algo importante para os participantes. "Nesta temporada vi meninas e mulheres que procuraram um curso para aprender a sambar e saíram sambando, com a auto estima resgatada e valorizada, com novas amizades e muita história pra contar! Eu estou muito satisfeita e realizada pois a troca de energia e de experiências foi demais!", comemorou a diretora.

Val Diniz com parte do grupo feminino de passistas da Tom Maior.

Departamento de passistas

No dia 30 de março, a TomMaior anunciou a turma formada para formar e gerenciar o departamento de Passistas na temporada de Carnaval 2020.


A diretoria fica com Val Diniz. A Coordenadora e Coreógrafa é Pamella Sabino. A Coordenadora adjunta e passista é Leticia Januário e o Coordenador da ala masculina e passista é Wendel Viegas.

Audição para passistas no desfile

"Muitas alunas das aulas também farão a audição, tenho certeza que descobriremos muito talentos!", exclamou Val que agora, junto a demais integrantes do departamento e convidados, selecionará nomes para integrarem o corpo de passistas para o desfile da Tom Maior em 2020 e também para outros eventos. As audições acontecem no dia 18 de agosto na Fábrica do Samba e as inscrições estão abertas.


SERVIÇO

AUDIÇÃO PARA ALA DE PASSISTAS TOM MAIOR


Data: 18 de agosto
Local: Fábrica do samba Galpão Tom Maior 3.andar - 14:30

Requisitos:
  • Samba no pé ;
  • Idade acima de 16 anos;
  • Disponibilidade para ensaiar aos domingos;
  • Condições para custos de figurinos e fantasia;
  • Roupa para audição: short/top/sandália
Local da audição para passistas



De acordo com Val Diniz, nesta temporada o time está mais tecnicamente qualificado e com perfil artístico. "Esperamos assim fazer um grande espetáculo com muito samba no pé e alegria! Tivemos muita procura para as aulas e audição. a expectativa é completar a ala de passistas com até 50 pessoas entre meninos e meninas, todos com o perfil artístico e de alta performance", relatou.

Passistas numa escola de samba

A ala de passistas é composta por moças e rapazes das comunidades de uma escola de samba. São o samba-no-pé propriamente dito dentro de uma escola de samba. Trazendo o carnaval de raiz com alegria e descontração, não apenas brincam na Avenida, mas também incentivam o canto e empolgam os demais componentes.



O papel da passista num desfile é seduzir o espectador sambando com roupas minúsculas e exibindo suas belas formas, como as antigas cabrochas. Cabe ao passista o papel de malandro, boêmio, o bamba. 

"Se no carnaval 2019 estávamos entre as 3 melhores alas de passistas do carnaval de São Paulo, minha expectativa é ser a melhor, com os melhores talentos e levantarmos a arquibancada no carnaval 2020! Vamos trabalhar muito para este resultado!", finalizou a diretora de passistas, Val Diniz.



Carnaval 2020 da Tom Maior
É coisa de preto

"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade. Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.




A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

1 Comentários

  1. Faço parte do projeto Sambo Sim, iniciei as aulas com um samba bem ruim, e hoje vejo quanto evolui. A equipe é extremamente competente e mostraram algo além da arte de sambar, transmitiram para todas a energia do carnaval. Obrigada Val e Todos envolvidos. ❣️

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem