A noite de sábado, 7 de setembro de 2019, foi a marca no calendário para a Tom Maior, ingrentes da agremiação e amigos lançarem o Carnaval 2020 e começarem a produzir e executar o projeto que exaltarará figuiras negras para a formação do Brasil vai muito além do estereótipo.

A Festa de Lançamento que aconteceu nesse dia que comemora o 196° aniversário da Independência do Brasil, reuniu centenas de pessoas na quadra da Rua Coronel Bento Bicudo. Como a programação era de festa, houveram convidados, além da família vermelho-amerela, como o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Nenê de Vila Matilde e a Escola de Samba Estrela do Terceiro Milênio.

Quadra doi Piqueri fcou lotada nessa noita de 7 de setembro para o lançamento do Carnaval 2020 da Tom Maior. Foto: José Soriano / Tom Maior

A Tom Maior usou a festa de lançamento para apresentar ao público seu projeto para o Carnaval 2020, já com os trabalhos em ritmo acelerado. "É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade.

Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.




A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

Noite de 7 de setembro

"Nosso lema 2020 é um sonoro não a essa leitura excludente que tanto vitimou brasileiros ao longo de nossa história", chegou a falar a presidente da Tom Maior, Luciana Silva.

Todos os departamentos da Tom Maior estiveram presentes no lançamento que, além do enredo e samba, apresentaram também os trabalhos já realizados durante os primeiros meses depois do Carnval 2019. Passistas, bateria e harmonias tiveram o primeiro evento de apresentação após as aulas que começaram em maior e terminaram em agosto de 2019. 

O lançamento foi um marco para o projeto da Tom Maior até o desfile que acontece em 21 de fevereiro de 2020 com a reunião dos integrantes e amigos, mas também foi um evento de solidariedade já que foram arrecadados centenas de quilos de alimentos não perecíveis que serão doados. 

Acesse também

Presidente Luciana fala com público durante o Lançamento do Carnaval 2020. Foto: José Soriano / Tom Maior


"Nossa escola nasceu e se mantém da união de negros e brancos, católicos, evangélicos e judeus, ricos e pobres. Por isso, não toleramos comportamentos que excluam quem quer que seja por motivos de cor de pele, classe social, orientação sexual ou crença religiosa. Nosso samba sempre foi e sempre será plural. Uma arte negra, para a qual muitos judeus contribuíram em seu crescimento. E é graças à contribuição de todos que o samba segue em evolução", comentou Luciana Silva.

Próxima reunião

Depois desse 7 de setembro, a próxima reunião da família vermelho-amarela já tem data marcada: Dia 15 de setembro, quando acontece o primeiro ensaio da temporada Carnaval 2020 com todos os departamentos. O start da temporada de ensaios acontece na Rua Coronel Bento Bicudo, 761 - Piqueri, São Paulo - SP, às 18h e vai até 20h30, com entrada gratuita.



Rua Coronel Bento Bicudo recebe as cores da Tom Maior. Foto: Jose Soriano

A quadra já está pronta, nas cores da família vermelho-amarelo, e vai receber centenas de pessoas a cada ensaio rumo ao desfile que acontece na noite de 21 de fevereiro de 2020.

Acesse também


Local da quadra de ensaios



Samba "É coisa de preto"

A festa de lançamento da Tom Maior já teve a sua trilha: o samba "É coisa de preto", que foi a obra escolhida para o Carnaval 2020 e revelada no dia 19 de agosto.



A obra é apresentada pelos compositores Gui Cruz, Rafael Falanga, Vitor Gabriel, Portuga, Imperial, Elias Aracatio, Luciano Rosa, Reinaldo Marques, Marçal e Willian Tadeu, Igor Sorriso.


Grande público
participou
do lançamento
da Tom Maior
para o Carnaval 2020


É coisa de preto

"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que exalta personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.

A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

Na festa de lançamento, Luciana garantiu: "Não existe escola pequena. O que existe é trabalho. E a gente está batalhando muito para fazer o nosso melhor. E trabalho é coisa de preto".

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem