Numa família, cada integrante tem uma característica e história que o torna bem ímpar. E será isso que queremos mostrar no Especial Gente de Tom Maior, produzido com o auxílio dos internautas que podem ACESSAR AQUI um fomulário para indicar pessoa para ser tema dos conteúdos especiais, contando alguma característica a faça especial dentro da Tom Maior.



Conhece uma pessoa na Tom Maior que venceu alguma atribulação na vida? Alguma pessoa que encontrou na Tom Maior um estímulo para alegria? Que encontra na Tom Maior uma motivação?

A Tom Maior é paulistana, mas os componentes são de vários pontos do Brasil e até mesmo do Mundo, afinal família pode ter integrantes deslocados localmente mas continuam sendo da família e o carnaval pode ser a "desculpa" para milhares de pessoas se reúnam envolta do Pavilhão Vermelho Amarelo. Então quem será que está a milhares de quilômetros da Tom Maior e não deixa de ser da família?



O 'Gente de Tom Maior' começa a apresentar esses perfis em outubro e a partir de agora a participação dos internautas podem ser feitas pelo site CLICANDO AQUI. As indicações serão analisadas e os conteúdos serão apresentados nas plataformas oficiais da Tom Maior até o fim da temporada do Carnaval 2020.

Será no site que os internautas também verão os perfis de célebres personagens mencionadas no enredo "É coisa de preto" para que o internauta conheça mais dos nomes relacionados no projeto da Tom Maior em 2020.

É coisa de preto

"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade. Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.





A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem