O domingo do dia 13 de outubro será mais uma daquela data especial para reunir a família vermelho-amarela. Das 13h até 21h00, duas programações acontecerão na quadra que fica na Rua Coronel Bento Bicudo, 761 - Piqueri, São Paulo: a 6ª feijoada da Harmonia Tom Maior e o Ensaio #5 da Tom Maior - Ensaio na Quadra.



Para a participação na 6ª feijoada da Harmonia Tom Maior ainda há ingressos disponíveis que podem ser adquiridos por R$35 com diretores e coordenadores ou CLICANDO AQUI.  Essa será a 6º edição de uma programação que será mensal até dezembro de 2019.

A 5ª feijoada da Harmonia Tom Maior aconteceu no 7 de setembro na quadra do Piqueri com apresentação de samba, pagode e também DJ, além da feijoada que deu o sabor do dia.

A quadra do bairro Piqueri ficou cheia durante a 5ª Feijoada da Harmonia Tom Maior. Foto: Gilson Alves


História da Feijoada da Harmonia

A primeira feijoada da Harmonia aconteceu em 8 de dezembro de 2012, na temporada de carnaval onde a Tom Maior defendeu o enredo “Parque dos Desejos – O seu passaporte para o prazer”.

Turma de Harmonia da Tom Maior em 2012 antes do início da 1ª Feijoada da Harmonia da Tom Maior


A feijoada e todas as programações desse evento começa às 13h e vai até 18h. Depois disso, a partir das 18h30 inicia o Ensaio #5 - Ensaio na Quadra com mais um dia de encontro entre os departamentos e alas para o aprendizado e treino. A participação no ensaio é gratuita e aberta para os integrantes da agremiação e também ao público em geral.

Desde o dia 15 de setembro, a Tom Maior e toda família se reúne na quadra para os ensaios e desde esse dia centenas de pessoas aproveitam o domingo em vista ao dia 21 de fevereiro de 2020, quando acontece o Desfile da Tom Maior no Carnaval 2020 com a Tom Maior apresentando "É coisa de preto".

É coisa de preto

"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade.

Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.



A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

Comente

أحدث أقدم