Depois de 10 ensaios na quadra, a Tom Maior trabalha desde esse domingo, 17 de novembro para a etapa final dos ensaios para o Carnaval 2020. Até o dia 16 de fevereiro de 2020 serão mais 25 eventos, sendo 14 ensaios na quadra e na rua. Todos os diretores, coordenadores, da produção e administração estão focados na segunda etapa do projeto de ensaios e treinamentos para o espetáculo.

"Quanto mais ensaiamos, mais forte ficam os conceitos na cabeça e no comportamento dos componentes. Isso sem tirar a espontaneidade e a alegria festiva, que temos como tradição e carregamos com orgulho na Tom Maior", comentou o diretor Yves Alexeiv, resaltando a necessidade de ensaio e também a prioridade dos próximos.




O primeiro ensaio da Tom Maior aconteceu no dia 15 de setembro. Já são três meses de ensaios somados aos quase 4 meses de aulas, workshops e formações nas alas e departamentos. A Tom Maior já está quase 8 meses mobilizada no Carnaval 2020 e conforme passa o tempo, rumo ao desfile, aumenta a participação e o volume de integrantes chegando aos ensaios, ainda sendo necessário o estímulo a maior participação, para haver maior conhecimento e eficiência.

"O Carnaval de SP é muito técnico. O julgamento é rígido e, em alguns quesitos, o Jurado é um mero conferente. Quanto mais ensaiado o grupo está, menores os riscos de cometermos erros na pista.
Questões como o canto com vigor e contínuo, os espaçamentos dos componentes, a velocidade de progressão... tudo isso vc adquire e aprimora com a persistência dos Ensaios", comentou Yves.





Yves Alexeiv com a presidente da Tom Maior Luciana Silva


Ensaios de Rua

Tão importante quanto os ensaios de quadra, são os ensaios de rua que já acontecem a partir desse 8 de dezembro. E todos envolvidos no projeto da Tom Maior convocam para a participação nessas programações.

"Passo a passo estamos vendo o samba crescendo nos Ensaios de Quadra. Já os Ensaios de Rua são os mais esperados pelos componentes. Eles são marcados pela descontração e são um ótimo termômetro quando tratamos da técnica do Desfile. Na Quadra nós damos ênfase ao canto. Na rua é que aprimoramos espaçamento, velocidade, movimentação... junto, é claro, com mais canto.
Esperamos chegar ao 1º Ensaio no Anhembi tendo ensaiado 100% do contingente na Rua", falou o diretor.

Para o Carnaval 2019 foram 4 ensaios na rua e até 2020 já tem 5 ensaios na rua programados para afinar todos os elementos da escola para o desfile que acontece no dia 21 de fevereiro. Tudo para apresentar um espetáculo no desfile do carnaval de São Paulo. "Nossa Escola não marcha no Anhembi, nossa Escola tira onda. E é assim que tem que ser. Carnaval é alegria, é festa!", exclamou Alexeiv.

Yves e Thiago Calil, do departamento de Comunicação e Marketing, durante ensaio da Tom Maior


É coisa de preto

Em 2020 a Tom Maior apresentará o enredo: “É coisa de Preto”, quando será a segunda escola a desfilar na sexta-feira, dia 21 de fevereiro, no Sambódromo do Anhembi, pelo Grupo Especial paulistano.

"É Coisa de Preto" é um enredo afirmativo, que mostra que a contribuição de negros e negras para a formação de nossa nação vai muito além do estereótipo. Nosso desfile mostrará como os africanos se tornaram afro-brasileiros e trouxeram sua contribuição não só física, mas (principalmente) intelectual no desenvolvimento de nossa sociedade. Líderes, estudiosos, escritores, poetas, artistas populares e eruditos, transgressores sociais... Personagens que o preconceito insiste em ofuscar de nossa história, mas que devem ser trazidos aos holofotes para o devido reconhecimento, e também para inspirar as novas gerações.





A partir da subversão de uma expressão racista, mostramos que "Coisa de preto", "serviço de preto", "arte de preto" na verdade são alguns dos pilares essenciais de nossa sociedade, escancarando que ignorante é quem desconhece a verdadeira importância de negros e negras em nossa história.

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem